Paz e Amor!

Paz e Amor!
O Inverno Chegou!!

segunda-feira, julho 12

CUIDANDO DO IDOSO VII




Quem cuida do idoso deve saber que somos seres gregários,fomos criados para viver em sociedade,em grupos,e o isolamento tende a adoecer o indivíduo,principalmente quando este indíviduo teve uma vida movimentada com a presença de amigos e está adentrando uma outra cheia de novidades para si mesmo.

As dificuldades que o idoso enfrenta devem ser encaradas de frente e levadas a sério a fim de se tentar ajudá-lo a adaptar-se a uma nova fase de sua vida.É preciso saber,em primeira mão ,o que o idoso entende por lazer a fim de poder atendê-lo dentro desta necessidade,estimulando-o sempre a participar de atividades que lhes proporcionem interação e prazer.

O indivíduo envelhece e os seus hábitos,na maioria das vezes também mudam.O que para ele constituía lazer,quando mais jovem,pode não mais lhe despertar o menor interesse nesta sua fase de envelhecimento.Claro que isto não é uma regra geral.

E o que é lazer? Para mim, lazer é o conjunto de atividades que o ser humano desenvolve nos seus momentos de folga e que ajudam-no a tornar a vida mais alegre,relaxada e feliz ajudando-o a manter um padrão de saúde,principalmente mental,harmônico e satisfatório.

E para você?!

"De acordo com Dumazedier (1976), o lazer é um conjunto de ocupações de bom grado que o indivíduo usa para repousar, para divertir-se, para desenvolver sua informação ou formação desinteressada, sua participação voluntária ou sua livre capacidade criadora, quando livre das obrigações profissionais, familiares ou sociais, sendo, portanto uma atividade de livre escolha, liberatória, desinteressada, sem fins lucrativos."
"Requixa (1980), apresenta uma definição bastante próxima a do sociólogo Dumazedier. Entende o lazer como uma ocupação não obrigatória, de livre escolha do indivíduo que a vive, e cujos valores propiciam condições de recuperação psicossomática e de desenvolvimentos pessoal e social." 
 "Pikunas (1979), salienta a necessidade de que, nesta fase, se deve manter interesses ocupacionais e aumentar as atividades recreativas, ocupando totalmente o tempo e tornando estes anos tardios da vida, satisfatórios e produtivos. "


Compreendida a necessidade do lazer na vida do idoso há de se compreender também a necessidade de se orientar o idoso à prática do mesmo, respeitando o seu direito de escolher o que mais se adapta ao seu momento bem como entender que a prática do lazer não implica que o idoso tenha que estar necessariamente cercado por pessoas da sua idade,se ele não o deseja.

Há idosos que sentem-se melhor perto dos mais jovens e até justificam dizendo que a juventude os renova.Um jogo de cartas ou xadrez, uma caminhada leve,um passeio para olhar vitrines ou ao lago etc,são formas de lazer que podem ser desfrutadas por pessoas das mais diversas idades,ao mesmo tempo. O respeito e a paciência são fundamentais no trato com o idoso.

Ajudá-lo a entender a necessidade de preservar o lazer é bem diferente de forçá-lo a aceitar o que lhe desagrada no momento.Portanto...

Seja mais que um cuidador,SEJA UM AMIGO!




bjs,soninha

Nenhum comentário:

Paz!