Paz e Amor!

Paz e Amor!
O Inverno Chegou!!

quinta-feira, agosto 11

Linfoma


Sabe-se que a incidência de linfomas é muito alta no nosso país, mas quando pessoas públicas são vítimas desta doença, a mídia divulga mais acirradamente e todos ficamos estarrecidos como se fosse uma doença de outro planeta.
Em 2009 o Estadão divulgou a seguinte nota:

De acordo com informações do médico Ricardo Bignio, do Hospital do Câncer, no site do Instituto Nacional de Câncer (Inca), linfomas são neoplasias malignas nos linfonodos (gânglios), órgãos importantes no combate a infecções. Existem mais de 20 tipos de linfomas. Nos últimos 25 anos, o número de casos no Brasil praticamente dobrou, especialmente em pessoas acima de 60 anos.

 examine o pescoço


- Assim como em países desenvolvidos, no Brasil, o câncer já representa a primeira causa de morte por doença entre crianças e adolescentes de 1 a 19 anos, para todas as regiões.

- Linfoma de Hodgkin, pode ocorrer em qualquer faixa etária, mas a maior incidência do linfoma é em adultos jovens, entre 25 e 30 anos.

- Linfoma não Hodgkin, Há mais de 20 tipos diferentes de linfoma não-Hodgkin. Entre os linfomas, é o tipo mais incidente na infância. Por razões ainda desconhecidas, o número de casos duplicou nos últimos 25 anos, principalmente entre pessoas com mais de 60 anos.

Entendemos então que se trata de uma doença que atinge qualquer faixa etária, no entando sabemos que o idoso em decorrência do próprio processo do envelhecimento que, por si só já causa declínio no seu sistema imunológico,as chances de cura serão mais viáveis na medida em que se detecte precocemente.
Tais notas sugerem que a doença faz parte do nosso contexto atingindo qualquer classe social e faixa etária.
A autora de novelas Glória Perez, a presidente da república, Dilma Roussef, a atriz Drica Moraes, bem recente o ator Reynaldo Gianecchini e muitos outros anônimos espalhados por este país lindo, acolhedor e cheio de gente sofrida.

Os que têm conhecimento e recursos diagnosticam precocemente o linfoma, submetem-se aos tratamentos especícifos e curam-se. Os que não sabem como realizar o autoexame, não conseguem vencer a doença e morrem, alguns na mais tenra idade.

Você que já sabe, ensine, oriente e ajude a quem ainda não sabe.
Façamos a nossa parte e estejamos certos de que estamos cooperando para que a saúde prevaleça sobre a doença.

  
Linfoma em testículos


 realize o autoexame


01 vez por mês.
Somos todos responsáveis!

abçs, 

Nenhum comentário:

Paz!