Paz e Amor!

Paz e Amor!
O Inverno Chegou!!

sábado, outubro 30

Cuidando do portador de Alzheimer




Cuidador é aquela pessoa que toma conta (e dá conta rs) de alguém.Pode ser alguém da família ou não.No caso do portador de Alzheimer a situação é bem mais delicada porque o(a)paciente não está interagindo com o meio ambiente não podendo informar as suas queixas.

Você terá que monitorar a sua vida diária a fim de obter possíveis padrões de comportamento que lhe ajudarão no processo de cuidar.

Monitorar o quê?!

- Eliminações intestinais: frequência, horário,quantidade,aspecto etc.
- Eliminação urinaria: presente ou não,odor e cor. Como o(a) paciente deverá estar em uso de fralda descartável não poderá ser observados: horário, quantidade, frequência etc.
- Aparelho respiratório: respiração normal,dificultada pela dispneia ou mesmo episódios de apneia,tosse, presença de secreções e/ou sangue nas mesmas.
- Audição: observe se ele(a) atende ao seu apêlo, se ainda se interessa pela música, som de TV etc; em caso positivo estimule-o (a) através desta.
- Sono:horário,aprofunamento do sono, pesadelos etc
- Alimentação: apetite, alimentos prediletos, deglutição, utilização dos talheres etc.
- Observar se o(a) paciente está,aparentemente,emagrecendo demais ou aumentando o peso por presença de edema ou alimentação errada.e em excesso.Esta última quase improvável pois este tipo de paciente geralmente alimenta-se bem pouco.
- Alterações de humor: choro, risos , tristeza, depressão etc, tentando relacioná-las com motivos aparentes ou não.
- Obsevar os movimentos do (a) mesmo (a),se está moviemntando-se ou permanecendo muito tempo na mesma posição,se tenta por si mesmo(a) realizar alguma atividade etc.
- Se usa medicamentos observar as reações aos mesmos.
De posse de tais anotações você poderá estabelecer o seu Plano de Cuidados informando ao médico responsável e/ou familiares, as mudanças que o(a) mesmo está apresentando para que as devidas providências sejam tomadas.

Se você observa o seu idoso ou o seu paciente você passará a conhecê-lo como a palma da sua mão e detectará precocemente alterações que muito importam para uma boa qualidade de vida. 

Por exemplo: 

A observação contínua e acurada do idoso, tocá-lo e mudá-lo de posição com frequência, caso esteja acamado, lhe permitirá perceber alterações na sua pele como fissuras, início de formação de escaras que poderão ser detidas no seu avanço impedindo situações mais graves. Se ele ainda deambula pode acidentar-se fazendo surgir hematomas, escoriações etc.

A pele é o maior órgão de proteção do nosso organismo e qualquer lesão,por menor que seja, poderá se transformar numa porta de entrada para microorganismos que poderão levar à morte. Há casos registrados de óbito por conta de pequenas escaras que se traansformaram em verdadeiras crateras por falta de cuidado dos "cuidadores". Cuidadores aqui vai desde o técnico contratado, ao familiar e até mesmo o Serviço de Enfermagem mal administrado de muitos hospitais.

Você poderá observar um dado importantíssimo, além de muitos, a presença da diurese. O idoso pode até urinar pouco por estar ingerindo pouco líquido mas ele não pode,jamais, apresentar ausência total de urina.A anúria ou ausência total da urina deve ser,imediatamente,comunicada ao médico. 

Sabemos que o Centro da Sede na pessoa idosa se apresenta alterado e em decorrência ela sente pouca sede não se preocupando em beber líquido nem mesmo solicitá-lo. Você que lhe proporciona cuidados,deve estar atento(a) ao fato e oferecer-lhe água e até mesmo obrigar-lhe (com carinho,é claro) a bebê-la a fim que não entre em um quadro de desidratação. Os acamados, que não mais interagem provavelmente estarão em uso de SNG (sonda nasogástrica por onde serão alimentados, hidratados e medicados.


Espero ter sido útil!


bjs,soninha

Nenhum comentário:

Paz!