Paz e Amor!

Paz e Amor!
O Inverno Chegou!!

terça-feira, junho 22

CUIDANDO DO IDOSO II



Se você cuida de um idoso ou se propõe a isto é preciso que saiba que o processo do envelhecimento causa mudanças aparentes e ostensivas nas pessoas o que requer do cuidador,além do conhecimento destas mudanças,a habilidade em monitorá-las e atendê-las minimizando os problemas do idoso e o amor que é fundamental para que haja o respeito necessário na relação cuidador x idoso.

No processo do envelhecimento o idoso pode apresentar:

- resistência às mudanças ou mesmo a não aceitação das mesmas
- hipervalorização das suas próprias dificuldades
- Apego exagerado às suas convicções

Tudo isto poderá levá-lo a um quadro de muitas queixas e até mesmo depressão.Ele poderá se recusar a cooperar com as atividades diárias;se tornar agressivo verbalmente ou até mesmo fisicamente;e muitas vezes exigir demais do seu cuidador.Tudo isto acontece por causa da sua realidade alterada.

O cuidador precisa estar atento para que não venha a se envolver emocionalmente na instabilidade do idoso e vir a responder-lhe negativamente com relação aos cuidados prestados.Com habilidade ele fará o idoso entender que haverá sempre um tempo de espera entre o que ele solicitou e o atendimento e isto será bom para que  ele possa exercitar a sua paciência,virtude que todos nós carecemos.

Manter os cuidados higiênicos preservados;o banho de sol em local agradável;a terapia ocupacional é sempre bom ser implementada;conversar com o idoso sobre os alguns acontecimentos da família a fim de que ele perceba e sinta não estar sendo excluído da mesma e que ele possa estar a maior parte do tempo em contato com a mesma,jamais em seu quarto isolado.

E,por favor, seja paciente com quem você está cuidando.Eu já nem direi que afinal de contas você está ganhando o seu salário por conta dele mas lhe direi com ênfase,que ele é agora,quem você será no futuro,reforçando com a máxima do Cristo,"não devemos fazer ao próximo o que não gostaríamos que fizessem a nós mesmos."

Dê-lhe atenção,ame-o,respeite os seus limites,tente ser bem humorado sem ser mentiroso,saiba que existem limites entre você e ele que muitas vezes você não saberá ou não conseguirá transpô-los então peça ajuda;leve-o a passear,estimule-o a ouvir músicas alegre,passear se ele ainda anda leve-o ao parque,ao cinema;sobretudo respeite-o como você gostaria de ser respeitado.

Vá em frente e seja mais que um cuidador,seja um amigo!

bjs,soninha

Nenhum comentário:

Paz!