Paz e Amor!

Paz e Amor!
O Inverno Chegou!!

domingo, junho 13

Que mico!


Você se embelezou toda pra o dia dos namorados,jantaram fora e resolveram dar uma escapulidinha como nos velhos tempos mas...na hora H ele negou fogo. 

Chato né?!

Não se aborreça com ele,tenha paciência;nesta nossa vida tudo se dá um jeitinho...rs.

Talvez você não saiba que:

O envelhecimento fisiológico é uma chave importante para entender, em parte, a diminuição da atividade sexual que se produz nesta etapa da vida, mesmo que não seja possível explicar todas as mudanças que ocorrem. 

A tipologia normal da deterioração das funções reprodutivas do homem é muito  diferente da que ocorre nas mulheres, já que não existe um término claro e definido da fecundidade masculina. Embora a produção de esperma vai decrescendo a partir dos 40 anos, esta continua ativa até mais de 80 ou 90 anos. A produção de testosterona também declina gradualmente dos 55 ou 60 anos.

Alterações do envelhecimento na sexualidade masculina
- A ereção pode tornar-se mais flácida
- É necessário mais tempo para alcançar o orgasmo, que é de menor duração
- Diminui o número de ereções noturnas involuntárias
- O período refratário depois da ereção aumenta marcantemente
- A ejaculação se retarda. Isso pode ser uma vantagem aos homens que apresentam ejaculação precoce
- Reduz-se o líquido pré-ejaculatório.
- A ejaculação é menos intensa.
Todas essas mudanças parecem estar relacionadas com múltiplos fatores,sejam hormonais,neuronais e vasculares,ou até a diminuição gradual na produção de Testosterona.

O progressivo aumento do período entre as ereções e a maior dificuldade para consegui-las, pode produzir uma ansiedade crescente no homem, e esta ansiedade prejudicará ainda mais sua capacidade de resposta sexual. Completa-se um círculo vicioso mantido pela ansiedade.

Os Transtornos da Ereção se devem a múltiplos fatores, sendo o transtorno vascular o fator mais freqüente na velhice. As causas orgânicas de Transtornos da Ereção incluem:

1- Transtornos vasculares

2- Medicação

3- Medicamentos como os anti-hipertensivos, psicotrópicos como ansiolíticos, antidepressivos e antipsicóticos, diuréticos, digoxina, estrógenos, andrógenos ou anticonvulsivantes, são utilizados muito  freqüentemente e podem produzir impotência

4- Tóxicos:O álcool e o fumo podem ser causa, junto a outros fatores, de Disfunções Eréteis

5- Transtornos Metabólicos e Endócrinos: as doenças metabólicas como a Diabetes são freqüentes, e tanto nos homens como nas mulheres pode produzir disfunções sexuais. No homem é freqüente que produza não só alteração na ereção, mas também na libido.

6- Transtornos Neurológicos:Neuropatias, Acidente Cérebro-vascular, Epilepsia Temporal, Esclerose Múltipla, são algumas doenças neurológicas que podem cursar com alterações da ereção no homem.

7- Enfermidades Sistêmicas:Qualquer doença que produza debilidade, febre ou dor, produzirá alterações inespecíficas na função sexual.

A Insuficiência Renal, Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), Insuficiência Cardíaca, Cirrose, Câncer, são patologias bastante freqüentes nos idosos e capazes de afetar todo organismo, conseqüentemente também resultarão em alterações sexuais. Outras doenças, como a Artrose ou a Artrite Reumatóide podem afetar a atividade sexual porque provocam dificuldades de posturas ou movimentos (Kaiser, 1996).

Viu só quanta coisa pode ter sido a causa do gatão ter falhado na hora H?! Mas,se você tem a mais absoluta certeza de que ele é hiper saudável,quem sabe não tenha sido o vinho que ele bebeu no jantar?

O quê?! Ele não bebe?!

Então deve ter sido mesmo, a emoção que deve ter sido muito intensa.De qualquer maneira é bom ver se está tudo certinho com ele, caso esteja vá com jeitinho e cobre a noitada não consumada. rs.rs.

Vá em frente e, boa sorte!

Ah! Não tenha vergonha não porque sexo é normal em qualquer idade.

bjs,soninha

Nenhum comentário:

Paz!