Paz e Amor!

Paz e Amor!
O Inverno Chegou!!

quarta-feira, março 2

Riscos do Consumo de Bebidas Alcoólicas por Diabéticos




O álcool não é considerado nutriente e não há necessidade nutricional para seu consumo, ao contrário, é um grande competidor para algumas vitaminas e minerais, propiciando carências nutricionais. Portanto, não há a indicação do consumo de bebidas alcoólicas por diabéticos e não diabéticos.

O álcool ainda favorece o aumento dos níveis sanguíneos de triglicérides (gorduras). Estas gorduras aumentam a viscosidade do sangue facilitando a ocorrência de derrames e infarto. Pessoas diabéticas com mau controle são mais propensas a desenvolver essas alterações vasculares e, portanto o álcool intensifica esse risco.

O seu efeito na glicemia depende não só da quantidade consumida, como também da ingestão de alimentos. Como impede a liberação da glicose armazenada no fígado, se for ingerido sem o consumo concomitante de alimentos, por pessoas tratadas com insulina ou medicamento oral, pode ocorrer hipoglicemia, algumas vezes severa. Se usado com moderação e associado a alimentos, os níveis de glicemia não são afetados quando o diabetes estiver bem controlado. Para pessoas que não prescindem do consumo de bebidas alcoólicas, duas doses ou menos de álcool proveniente de bebidas fermentadas por conterem menor teor alcoólico, podem ser consumidas em adição ao plano alimentar, ou seja, como parte da ingestão calórica total, substituindo algum alimento do grupo das gorduras. Uma dose de álcool, considerada como uma lata de cerveja ou uma taça de vinho, equivale a duas substituições do grupo das gorduras.

Não devem consumir álcool as diabéticas grávidas, pessoas com pancreatite, doença renal do diabetes e aqueles que já apresentam alterações nos níveis de colesterol e triglicérides.Consulte sempre seu médico e nutricionista.

Profa. Ms. Celeste Elvira Viggiano
Nutricionista Clínica, especializada em diabetes, obesidade e doenças coronarianas
Coordenadora do Curso de Nutrição do Centro Universitário Municipal de São Caetano do Sul- IMES
Coordenadora da Divisão Nutrição do Grupo Racine
Conselheira da Federação Nacional de Associações de Diabetes - FENAD e da Associação Nacional de Assistência ao Diabético - ANAD
Editora científica das revistas Nutrição Brasil e Revista Brasileira de Ciências da Saúde

bjs,soninha


Nenhum comentário:

Paz!