Paz e Amor!

Paz e Amor!
O Inverno Chegou!!

segunda-feira, janeiro 27

Idosos religiosos têm menos transtornos mentais


Você se considera religioso? Com que frequência participa de encontros religiosos? E qual sua religião? Essas foram algumas das perguntas respondidas por 1.980 idosos moradores de uma região de baixa renda de São Paulo. A pesquisa fez parte do estudo "Investigando o papel do suporte social na associação entre religiosidade e saúde mental em idosos de baixa renda: resultados do São Paulo Ageing & Health Study (SPAH)", desenvolvido por Alexandre Corrêa, da Universidade Federal de Juiz de Fora, e colegas. 

Os autores contam no artigo que ainda será publicado na Revista Brasileira de Psiquiatria que o objetivo do trabalho foi analisar a associação entre dimensões de religiosidade e a prevalência de transtornos mentais comuns entre idosos. Eles testaram ainda o suporte social como mecanismo de mediação desta suposta associação. 

Segundo os pesquisadores, 90,7% da amostra consideraram-se religiosos, sendo que 66,6% eram católicos e 41,2% frequentavam uma ou mais vezes alguma atividade religiosa semanalmente. "A presença de transtorno mental comum não foi associada com filiação religiosa ou considerar-se religioso. A prevalência de transtorno mental comum para os que frequentam serviço religioso foi aproximadamente a metade (OR entre 0,43 e 0,55, p < 0,001) daqueles que nunca frequentam", afirmam no artigo. 

Os resultados também mostraram que maior frequência a serviços religiosos associou-se a maiores níveis de suporte social. 

Dessa forma, os autores entendem que a amostra apresentou altos níveis de religiosidade, houve forte associação entre frequência religiosa e menor prevalência de transtornos mentais comuns entre idosos e esta associação não foi explicada pelo suporte social. 

Fonte: Saúde em Movimento

Nenhum comentário:

Paz!