Paz e Amor!

Paz e Amor!
O Inverno Chegou!!

quarta-feira, setembro 3

Projeto da UFU oferece aulas de inglês para idosos em Uberlândia

Alunos simulam situação real para praticar o inglês visto em sala de aula.(Foto: Reprodução/TV Integração)
Curso já atendeu cerca de 200 alunos com mais de 55 anos. Aulas são gratuitas e inscrições abrem sempre no início do ano.

Pessoas da terceira idade em Uberlândia têm a oportunidade de aprender uma nova língua. As aulas são oferecidas há quatro anos e é desenvolvido por meio de um projeto de extensão do curso de letras da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Já atendeu cerca de 200 alunos com idade a partir de 55 anos, é gratuito e as inscrições abrem sempre na segunda quinzena de março.

Segundo a coordenadora do projeto, Carla Tavares, é cada vez maior o interesse de idosos por este tipo de curso. Atualmente, 12 alunos participam da quarta turma, que começou em março. Na aula, eles procuram fazer uma simulação, como o desafio de reservar uma suíte em um hotel, sendo toda a conversa com o atendente em inglês.

Ainda segundo a coordenadora do curso, a intenção é que eles aprendam o idioma vivenciando situações do cotidiano. "Extremamente importante trazer alunos para contexto mais parecido com o real de comunicação para que eles percebam que são capazes de usar o que aprenderam na sala fora dela e também saber eu possam praticar o que aprenderam”, explica.

A aposentada Gislaine Gomes do Carmo aprova o desafio. “É uma situação diferente, conversamos com pessoas que não conhecemos em uma situação real”.

Aos 68 anos, o técnico óptico Guiomar Ferreira, é daqueles que não gostam de ficar parados. Depois que terminou a faculdade de direito, em agosto do ano passado, ele começou a fazer um curso de inglês. “Estou tendo bastante aproveitam, não só pela língua em si, mas também pelo conhecimento da nova cultura”, afirmou.

Ele ainda conta que além de conhecer uma nova cultura por meio do idioma, é uma oportunidade de se comunicar melhor com os netos que moram nos Estados Unidos. “Meus netos tem problemas em comunicar comigo por causa da dificuldade de falar português. Aproveitei a oportunidade para fazer curso de inglês para falar com eles com facilidade”, explicou.

Outra aluna é a aposentada Diva Arantes, de 62 anos. Ela mostra que não há idade para aprender e nem viver novas experiências. “Quando fiquei sabendo desse trabalho de inclusão da UFU, interessei e já é o segundo ano que frequento”, finalizou.

Nenhum comentário:

Paz!