Paz e Amor!

Paz e Amor!
O Inverno Chegou!!

segunda-feira, novembro 17

Dia Nacional de Combate à Tuberculose


Embora a tuberculose seja curável já há muito, seu tratamento longo, que deve ser mantido mesmo após a remissão dos sintomas, ainda faz com que muitas pessoas permaneçam assintomáticas, porém transmitindo a bactéria que causa a doença. Infelizmente isso tem tornado os microrganismos causadores da doença resistentes a medicamentos, dificultando a erradicação da doença e levando muitos à morte.

Segundo o Ministério da Saúde, anualmente são notificados cerca de 6 milhões de novos casos em todo o mundo, levando mais de um milhão de pessoas a óbito. O surgimento da aids e o aparecimento de focos de tuberculose resistente aos medicamentos agravam ainda mais esse cenário.
No Brasil, a tuberculose é sério problema da saúde pública, com profundas raízes sociais. A cada ano, são notificados aproximadamente 70 mil casos novos e ocorrem 4,6 mil mortes em decorrência da doença. O Brasil ocupa o 17º lugar entre os 22 países responsáveis por 80% do total de casos de tuberculose no mundo.

O infectologista José Davi Urbaez Ruiz é o entrevistado do Amazônia Brasileira desta segunda-feira (17). Ele explica o que é a doença, quais seus principais sintomas, e orienta os ouvintes da Nacional da Amazônia, reforçando a necessidade de se fazer o tratamento até o fim, evitando não só a possibilidade do retorno da tuberculose de forma mais grave e resistente aos medicamentos disponíveis, mas também conscientizando-os de seu papel na comunidade onde vivem e podem tornar-se transmissores da doença, disseminando seu agente causador.


Nenhum comentário:

Paz!