Paz e Amor!

Paz e Amor!
O Inverno Chegou!!

sábado, agosto 27

A triste e emocionante despedida de um casal de idosos


A foto de um casal de idosos chorando de mãos dadas é uma cena tão comovente, que, em pouco tempo, foi compartilhada milhares de vezes noFacebook. A história por trás da imagem é tão emocionante quanto e chamou a atenção da rede americana CNN, que foi atrás para entender o motivo da tristeza dos protagonistas.

Os canadenses Wolf e Anita Gottschalk, personagens da foto, estão casados há 62 anos e, desde que foram admitidos em casas de repouso diferentes há oito meses, precisam viver separados. Ao fim de cada reencontro, proporcionado por sua neta, que leva um para ver o outro, o momento da despedida é sempre marcado por muitas lágrimas. 

“É uma explosão emocional para ambos”, disse a neta do casal, Ashley Bartyik, de 29 anos, à CNN. Ela conta que dirige 40 minutos para reunir seus avós e que a postagem no Facebook foi uma forma de chamar a atenção da comunidade local e tentar colocá-los para viver no mesmo lar. 

Desde janeiro, quando foi diagnosticado com falha cardíaca congestiva, Wolf Gottschalk, de 83 anos, vive na casa de repouso Yale Road Centre. Já sua esposa Anita, de 81 anos, vive em outra casa de repouso, localizada a 40 minutos de distância. “Tem sido um jogo de espera para conseguir um lugar para meu avô. Queremos justiça para os meus avós, que após 62 anos juntos merecem passar seus últimos momentos morando no mesmo local.”, escreveu Ashley em sua postagem. 

Além do problema cardíaco, Wolf tem demência e, recentemente foi diagnosticado com linfoma. Felizmente, a demência ainda não atrapalhou a memória de Wolf em relação a sua esposa, mas Ashley teme que logo isso aconteça. “O tempo está passando agora mais do que nunca”, disse.

Após ser informado do caso, um porta-voz da autoridade de saúde local, disse que eles estão comprometidos em reunir o casal e e tentarão fazer isso já nas próximas semanas. “Essa é uma situação devastadora para a família e é muito preocupante para nós também”, disse.

Nenhum comentário:

Paz!