Paz e Amor!

Paz e Amor!
O Inverno Chegou!!

quinta-feira, junho 10

Benefícios do exercício físico na Terceira Idade


Os exercícios se constitui em uma medida eficaz para minimizar os efeitos das alterações fisiológicas decorrentes do processo de envelhecimento. Um idoso frágil e descondicionado, com limitações de força, equilíbrio e resistência, encontra dificuldades para realizar as mais simples atividades da vida diária como banhar-se e vestir-se; além de estar mais susceptível a quedas que podem resultar em fraturas e conseqüente imobilidade. Muitos dos déficits advindos com o avanço da idade são reversíveis, podendo o idoso melhorar sua capacidade funcional e autonomia, pela inserção do exercício físico em sua rotina diária

O exercício físico na terceira idade pode trazer benefícios tanto físicos, como sociais e psicológicos contribuindo para um estilo de vida mais saudável dos indivíduos que a praticam.



De acordo com Santarém, alguns dos efeitos salutares do exercício físico são:


- o aumento do HDL-colesterol;

- a redução dos triglicerídeos;

- redução da pressão arterial e da tendência à arritmia pela diminuição da sensibilidade à adrenalina;

- redução da agregação plaquetária e estímulo a fibrinólise;

- aumento da sensibilidade das células à insulina;

- estímulo ao metabolismo dos carboidratos,

- estímulo hormonal e imunológico;

- redução da gordura corporal devido ao maior gasto calórico e tendência à elevação da taxa metabólica pelo aumento da massa muscular. 

- maiores benefícios circulatórios periféricos;
- aumento do VO2 máx;
- aumento da massa muscular;
- melhor controle da glicemia;
- melhora do perfil lipídico;
- redução do peso corporal;

- melhora da função pulmonar;
 - melhora do equilíbrio e da marcha;
- menor dependência para realização de atividades diárias;
- melhora da auto-estima e da autoconfiança;

- significativa melhora da qualidade de vida;


Sendo assim, o exercício físico atua na profilaxia de doenças melhorando os fatores de risco para o desenvolvimento de diversas patologias.

Atenção:

Exercício tem sido preconizado, também, para outras doenças neurológicas, como esclerose múltipla e doença de Alzheimer. Também promove maior fixação de cálcio nos ossos, auxiliando na prevenção e no tratamento da osteoporose. Aumenta ainda a força e a endurance musculares, o equilíbrio e a flexibilidade, com a conseqüente diminuição da incidência de quedas, fraturas e suas complicações.

Os idosos portadores de osteoartrose também podem e devem praticar prática física regular, desde que adaptada à sua condição.



fontes//http://www.wgate.com.br/conteudo/medicinaesaude/fisioterapia/variedades/exerc_terceira_idade_heloisa.htm
http://personalrs.blogspot.com/2009/12/quais-efeitos-do-exercicio-fisico-no.html 




Viram como a coisa é séria?! Pois é...o negócio é movimentar-se!

Ah! Tem mais coisa...Depois eu conto!

beijão e...

AN1073.gif (12627 bytes)                              AN1074.gif (12999 bytes) 

movimento!

Pois até os gatinhos (com 4 patinhas) gostam de malhar!! rs..rs..


Scraps



Nenhum comentário:

Paz!