Paz e Amor!

Paz e Amor!
O Inverno Chegou!!

quinta-feira, julho 15

VIOLÊNCIA CONTRA O IDOSO:UMA REALIDADE!


A violência contra o idoso não acontece apenas no Brasil e sim em todos os países;ela se manifesta de diversas maneiras e em vários lugares principalmente no âmbito familiar.Na maioria das vezes os próprios idosos não se queixam com medo do revide dos mais jovens e de serem abandonados em asilos,submetendo-se passivamente aos maus tratos a fim de não perderem o "convívio familiar"?!

O tratamento dispensado aos idosos é muitas vezes imcompreensível haja vista que alguns supervalorizam estes pelo conhecimento e experiência de vida que trazem no bojo da sua personalidade;outros os valorizam apenas pelo que podem contribuir com as suas parcas aposentadorias e alguns outros os desprezam totalmente talvez estimulados pelo próprio comportamento do idoso que se entrega à solidão e afastamento do convívio social.

A violência contra o dioso não se trata apenas de agressões físicas que causem danos físicos ao mesmo como prevê a Organização Mundial de Saúde,mas todo e qualquer tipo de relacionamento que lhe cause danos não só físicos mas morais e mentais.

A Rede Internacional para a Prevenção dos Maus Tratos contra o Idoso define a violência contra esse grupo etário: “O maltrato ao idoso é um ato (único ou repetido) ou omissão que lhe cause dano ou aflição e que se produz em qualquer relação na qual exista expectativa de confiança”.
Os maus tratos podem ser :

- De ordem física,quando eles são coagidos a agirem contra a própria vontade por estarem sob a coação de outrem fisicamente mais dotado.Em muitos casos esta ação física pode gerar lesões e até a morte do idoso.

- Coação psicológica,através de importunação frequente que atinja-o psicologicamente levando-o ao desespero .

- Abuso sexual,muitos são utilizados como instrumentos de prazer e práticas sexuais doentias de mentes perversas e se não se submetem sofrem severas ameaças de morte.

- Abandono; um número cada vez mais crescente de idosos sofrem de abandono.Da família,do Estado que deveria prover tal necessidade através de uma assistência gratuita e de qualidade aos que não podem pagar,e de muitas instituições voltadas para esta finalidade mas que não cumpre com respeito e zelo o seu dever.

- A Negligência ou descaso que os próprios familiares,as instituições e a sociedade têm para com o idoso,deixando-o a mercê de si mesmo e da própria sorte.

- O Abuso Financeiro que na maioria dos casos se manifesta no próprio seio da família onde os mais jovens se aproveitam das aposentadorias dos idosos para fins próprios,deixando-os em falta do que eles necessitam para atender as suas necessidades básicas de vida. 

Quando se fala em violência pensa-se logo em pancadas,tapas,socos etc mas vimos que não é apenas assim que a violência se manifesta contra o idoso. Uma das violências mais brutais que eu considero é a IMPACIÊNCIA no trato com o idoso e aqui eu cito uma experiência pessoal no meu desempenho de enfermeira.

Quando lido com um idoso percebo que muitas vezes ele tenta ser mais rápido talvez por já ter sido tratado com o indevido respeito pela sua lentidão.

Então eu lhe falo:

- Calma,nós não vamos viajar...e dou uma risadinha conciliadora que o faz relaxar e passar a desenvolver o seu próprio ritmo entregando-se com confiança aos meus cuidados.

Não estou dizendo que sou a Mulher Maravilha nem que sou perfeita mas estou dizendo que é assim que deve ser não só pelo profissional de enfermagem mas por todos que lidam com o idoso.Lembrem-se que o tempo não para para nenhum de nós e os males dos idosos de hoje serão os nossos,amanhã.

Se tudo que a ciência nos ensina não serve para nos conscientizar da responsabilidade que temos para com os idosos pelo menos lembremo-nos da premissa do Mestre Jesus:

" Fazei ao próximo o que gostaríeis que vos fizessem"!

bjs,soninha

Nenhum comentário:

Paz!