Paz e Amor!

Paz e Amor!
O Inverno Chegou!!

segunda-feira, agosto 30

VITAMINAS: VERDADES E MITOS

 

 

Alimentação somente, é insuficiente para cobrir as nossas exigências metabólicas.


Para que o nosso organismo funcione com equilíbrio, e para que possamos atingir o máximo de atividade metabólica, necessitamos de um grande número de substâncias que participam e controlam ativamente todas as reações químicas e são imprescindíveis para nos mantermos vivos e saudáveis. Estamos falando das vitaminas, antioxidantes, óligo-elementos, minerais e nutrientes.

Até bem pouco tempo, achava-se que uma dieta bem balanceada, com alimentos naturais, frutas e verduras seria a garantia de reposição destes elementos. Os estudos recentes mais avançados na área da nutrição humana, mostram, porém, coisas bem diferentes do que inicialmente acreditávamos.

Mesmo que tenhamos a mais "balanceada" e "equilibrada" das dietas, não conseguimos obter todos os nutrientes e vitaminas suficientes para suprir as necessidades diárias.O esgotamento do solo, a excessiva industrialização dos alimentos que os modifica e refina, retirando a maior parte de suas propriedades e a baixa concentração de nutrientes e vitaminas nos próprios alimentos naturais, tornam virtualmente impossível o perfeito funcionamento do nosso organismo.

Além do mais, a enorme quantidade de aditivos artificiais, pesticidas e uma infindável quantidade de substâncias tóxicas usadas e misturadas com os alimentos, agravam ainda mais os problemas.

O número de obesos e pessoas com alergias alimentares, atinge hoje proporções de uma epidemia. Só para se ter uma idéia, cerca de 35% de toda a população americana está classificada no grupo de obesos. Para piorar tudo, os estudos atuais demonstram que nossa capacidade de absorver vitaminas e nutrientes à partir dos alimentos, diminui dramaticamente á medida em que envelhecemos.  

Há ainda um último agravante: todos os estudos demonstram que as doses de vitaminas, nutrientes e antioxidantes necessários para eliminar os riscos de várias doenças, são incomparavelmente maiores do que as chamadas "doses recomendadas diárias".

Tomemos como exemplo a vitamina C. Para evitar o desenvolvimento de doenças como o escorbuto e outras mais, são necessários 60mg diários. Porém, para que esta mesma vitamina C passe a agir como um poderoso antioxidante e estimulador do sistema imunológico, é indispensável ingerir um mínimo de 1500 a 2000 mg diários, como vemos, uma diferença colossal e que exigiria a ingestão do suco de sessenta laranjas!

Não é difícil concluir, que se torna virtualmente impossível obter doses protetoras e terapêuticas de todos os nutrientes, vitaminas, minerais, enzimas e outros componentes, apenas através da alimentação.

Ainda mais: irônicamente, os mesmos estudos demonstram que muitos dos nutrientes, vitaminas e minerais indispensáveis ao nosso organismo, são absorvidos de maneira incomparavelmente mais eficiente através da ingestão de suplementos do que dos próprios alimentos!

Moral da história: não é mais possível aceitar a idéia de que suplementar vitaminas é um luxo desnecessário e que se você tem uma alimentação natural estará repondo "tudo o que precisa" para manter-se saudável. Suplementos de alta qualidade e alta absorbilidade são, na verdade, um serviço diário de entregas, que fornece a totalidade de nutrientes que você necessita para atingir seu estado ótimo de saúde.
Converse com seu nutricionista e converse com o seu médico e passe adiante estes novos conceitos para os seus amigos e familiares.
Esteja certo que atingir o seu máximo potencial de saúde, passa, obrigatoriamente, pela correta suplementação nutricional e vitamínico-mineral.





autor do texto:Dr.Ítalo Rachid

 bjs,soninha 

 

Nenhum comentário:

Paz!