São João Tá Chegando Gente!

sexta-feira, julho 18

ATENÇÃO IDOSOS!!Homem se passa por funcionário do governo e aplica golpe em três idosos

 
Estelionatário oferece benefícios, mas busca cartões de bancos das vítimas.Casos aconteceram na semana passada em São Carlos, SP. DIG investiga.
Pelo menos três idosos foram vítimas de um estelionatário em São Carlos(SP) na semana passada. O homem, que se identifica como funcionário do Ministério da Saúde, insiste em entrar nas casas e oferece vários benefícios, mas, na verdade, o farsante quer os cartões bancários das vítimas.

Na terça-feira (8), dois idosos, ambos de 92 anos, foram vítimas do golpe. O homem ofereceu um cartão de desconto para medicamentos, mas, para isso, teria que fazer um cadastro dos idosos. “Ia fazer o cartão que no fim do mês vinha para ter esse desconto”, disse.

O homem deu até um recibo com data de 8 de julho. Só que pra terminar o cadastro, o golpista pediu os cartões do banco. Foi quando o homem trocou os cartões, que estavam em um envelope. No mesmo dia, ele sacou R$ 800 do casal. “Eu não percebi que ele pegou o meu cartão e guardou”, disse a idosa, que guardava as senhas junto com os cartões.

Na sexta-feira (11), uma outra vítima, de 65 anos, também recebeu a visita inesperada. Neste caso, em vez de oferecer um cartão com direito a desconto, o homem prometeu depositar um valor mensal na conta para a compra de remédios. “O benefício era que todo mês seria depositado R$ 80 numa conta poupança de cada remédio de alto custo”, afirmou.

Ela só viu depois que o cartão do banco tinha sido trocado. “Mesmo banco, mesma cor, idêntico o cartão, mas não era o meu nome”, explicou a vítima, que registrou boletim de ocorrência.

Investigação
As vítimas contam que o homem apresenta um crachá se passando por funcionário do Ministério da Saúde. O golpista aparenta ter 50 anos, é branco, magro e costuma usar roupa social. A Polícia Civil já sabe que ele não age sozinho. “É um grupo de pessoas que está agindo na região. Eles têm acesso a informações sigilosas de idosos”, destacou.

O delegado da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), Geraldo Souza Filho, alerta que é preciso ficar atento para não cair no golpe. “Não se pode deixar nenhum estranho entrar dentro de casa, até que se verifique quem é essa pessoa, quem realmente ela representa e quais são suas intenções”, disse.

Nenhum comentário:

Paz!