Paz e Amor!

Paz e Amor!
O Inverno Chegou!!

sábado, setembro 18

PEIXE...JOVENS E IDOSOS....



Acho interessante quando leio um texto que ressalta: isto assim...assim...é bom para o idoso!

Fiquei refletindo estes dias e cheguei a seguinte conclusão: se é bom para o idoso é bom para todo mundo! Ou não?

Li, não me lembro onde, que comer peixe é bom para o idoso prevenir doenças oftalmológica; falando no popular, problemas de visão. então fiquei matutando...matutando e me perguntei:

- por que não prevenirmos ao invés de remediarmos?

Creio que não podemos prevenir doenças num organismo envelhecido,tão bem quanto num organismo jovem e livre de estragos.Então, por que não estimularmos os habitos alimentares saudáveis entre as crianças e os jovens ao invés de esperarmos que eles cheguem à terceira idade para começarem a alimentar-se desta maneira?

Alguém que foi carnívoro a vida inteira e sempre se alimentou com comidas pesadas,engorduradas,tipo feijoada, fatada,rabada etc...não se adaptará, ou dificilmente isto acontecerá,a mudanças dos seus hábitos inda que este processo se faça de forma paulatina e gradativa.

Me recordo que certa feita,quando eu atuava na Clínica Médica Masculina, um paciente idoso me pediu jiló .Contactei com o serviço de nutrição e não tinham. Eu pedi à sua família que providenciasse até porque ele só se alimentava com jiló e não havia restrição a este alimento em seu prontuário.

Comer peixe é saudável e bom para a saúde? É! Mas não só os idosos e sim todas as idades.

O peixe é uma excelente fonte de proteínas completas, ferro e outros minerais, além de conter ácidos graxos ômega-3. Alguns tipos são ricos em vitamina A.Todos os peixes são ricos em nutrientes, especificamente em vitaminas do complexo B que são solúveis em água.



E a melhor notícia é que peixe tem pouca gordura! É claro que existem algumas espécies gordurosas, mas, em geral, o peixe tem bem menos gordura do que carne vermelha e frango, e isso faz com que sua digestão seja mais rápida.
E peixe é ótimo para quem quer perder peso e controlar o nível de colesterol no sangue! Algumas espécies de peixe, principalmente aqueles de água fria, são ricos em ômega-3, que é um tipo de gordura bastante benéfica à nossa saúde.
O ômega 3 diminui o risco de doenças cardíacas, aterosclerose (endurecimento das artérias) e ajuda nas inflamações, no desenvolvimento cerebral e na regeneração das células nervosas.  

E, por agir nas células nervosas, o ômega-3, encontrado no peixe, ainda pode ajudar no tratamento da depressão, ansiedade e problemas de sono.

Esse tipo de gordura auxilia, ainda, no tratamento da pressão alta, na coagulação do sangue, no alivio das dores causadas pela artrite reumatóide, na proteção da pele contra raios ultravioleta e inflamações.

Por isso, o peixe é um excelente alimento para o desenvolvimento escolar de crianças e adolescentes e não pode faltar na alimentação dos idosos, já que diminui o risco de desenvolvimento do mal de Alzheimer, demência e cansaço mental.
Pode ser introduzido na alimentação da criança (juntamente com carne de boi e frango) assim que esta começar a receber os alimentos complementares (em torno de 6 meses de idade), exceto se houver historia familiar de alergia a peixe. Neste caso, sua introdução pode esperar mais um pouco e, quando realizada, deve ser ofertado um tipo de peixe de cada vez e a criança ficar sob observação. Uma ótima alternativa é o cação, devido não ter espinhos. A introdução de peixe na alimentação da criança é importante, para garantir o suprimento de ferro de boa bisponibilidade e proteger-lhe do risco de anemia.


bjs,soninha

Um comentário:

Anne Lieri disse...

Soninha,é verdade!Peixe é um alimento muito saudavel para todas as idades!Bem instrutivo texto!Bjs,

Paz!