Paz e Amor!

Paz e Amor!
O Inverno Chegou!!

sexta-feira, fevereiro 17

Sono e dor entre os idosos

Já é conhecido que os idosos tem as suas horas de sono reparador diminuídas, dormindo menos horas por alterações do sono propriamente dito, pois com a idade altera-se o ciclo biológico do sono/vigília. 

Outra causa é que existem muitas doenças e medicações que depois dos 65 anos de idade atrapalham o sono, sendo que a dor (de qualquer forma e qualquer local é a mais comum). 

Esses dois fatores sono e dor entre os idosos podem afetar a qualidade de vida. 

Foi realizado um estudo por epidemiologistas suecos sobre o Envelhecimento incluindo esses dois temas.Os dados foram coletados através de questionários distribuídos pelos postos de atendimento médico de uma cidade. Os participantes eram formados por 1402 homens e mulheres suecos com idades entre 60-96 anos. 

De todos os participantes observou se que 70 por cento preenchiam os critérios para os problemas de falta de sono e 62 por cento indicaram alguma experiência clinica de dor durante as últimos 4 semanas. Ambos os problemas do sono e dor foram mais frequentes entre as mulheres do que entre os homens e problemas de sono tendem a ser mais comum com o aumento da idade. Entre os participantes que sentiram dor durante as 4 semanas precedentes 77 por cento ja sofriam de problemas de sono. 

Assim pode se afirmar que os problemas de sono e dor são comuns entre os idosos. Além disso, é comum surgir problemas de sono quando a dor foi sentida durante os procedentes 4 semanas. Fica se sem condições de responder se as mulheres mais idosas têm mais dores e por isso dormem menos ou o inverso

bjs,

Um comentário:

Amapola disse...

Boa tarde.

Menos horas de sono já satisfazem a gente. Eu tenho 61 anos.
Fora isso, muitas vezes sou acordada por dores diversas.

Beijos.
Maria Auxiliadora (Amapola)

Paz!