Paz e Amor!

Paz e Amor!
O Inverno Chegou!!

domingo, novembro 16

O tempo de uso da internet entre os idosos brasileiros é 74,4% maior que entre os jovens


No País, 66% dos idosos usam a internet e 45% fazem compras online regularmente, de acordo com pesquisas divulgadas pelos institutos Telehelp e Nielsen IBOPE.

"Quem usa mais a internet são os jovens...” Será mesmo? Duas pesquisas recentes apontam o contrário: o acesso e o uso da web é maior entre os entrevistados na faixa dos 60 anos. 

De acordo com uma pesquisa divulgada este mês pela Telehelp, 66% dos idosos brasileiros usam regularmente a internet e 45% afirmaram fazer compras online regularmente. O Facebook é a rede favorita dos idosos, com 95% dos entrevistados dizendo ter conta e fazer uso do site. O Linkedin aparece em segundo, com 23% e o Instagram em terceiro com 19%. 

Na faixa dos 60 anos, 98% afirmaram saber usar a internet. Os números caem um pouco com o aumento da idade: 81% na faixa dos 70 anos, 41% na de 80 anos, e 15% entre os entrevistados com mais de 90 anos. 

Os dados também mostram que 97% dos idosos na faixa dos 60 anos possui e usa celulares, número que diminui para 87% na faixa dos 70 anos, 70% na de 80 anos e 25% na de 90 anos. 

Tempo de uso da internet 

Outro levantamento, realizado pelo instituto da Nielsen IBOPE, revela que o tempo de uso do computador domiciliar com internet já é maior entre os idosos brasileiros do que entre os jovens. 

Segundo a pesquisa NetView, pessoas da faixa de 55 a 64 anos de idade registraram média individual de tempo de 53 horas e 12 minutos no mês, 74,4% maior que o tempo médio de computador domiciliar de um jovem de 12 a 17 anos, de 30 horas e 30 minutos. O número de páginas vistas e o número de sessões por mês também é maior entre os internautas de mais idade. 

O público de 55 a 64 anos foi ao computador em média 48 vezes no mês, enquanto a faixa de 12 a 17 anos somou 20 sessões por pessoa. O grupo de 55 a 64 anos representa 8,1% do total de 46,7 milhões de usuários ativos domiciliares, percentual muito próximo ao dos adolescentes de 12 a 17 anos, que representam 11,8%.

Nenhum comentário:

Paz!